SEDE: Rua Libero Badaró, 158 - 1°Andar - Centro / São Paulo - SP | CEP 01008-000 | Fone: 3107.2767 Fax: 3101.1685

17/11/2014

BMG, HSBC e Santander lideram ranking de reclamações de clientes no BC

 
O BMG liderou, novamente, o ranking de queixas entre bancos com mais de 2 milhões de clientes, de acordo com o levantamento referente ao mês de outubro, divulgado nesta segunda-feira (17) pelo Banco Central (BC). Com 146 reclamações julgadas procedentes, o banco obteve índice de 65,75%. Em segundo lugar entre os mais reclamados, ficou o HSBC, com 122 queixas e índice de 12,17%.

A terceira posição em queixas em outubro ficou com o Santander, seguido pelo Banrisul e Caixa Econômica Federal. O banco espanhol teve 355 queixas e índice de 11,55%. O Banrisul, 36 queixas e índice de 9,37%. A Caixa acumulou 572 queixas e atingiu índice de 7,73% no último mês.

O índice representa o número de reclamações da instituição financeira para cada 1 milhão de clientes. Para chegar a ele, as reclamações são divididas pelo número de clientes do banco e multiplicadas por 1 milhão. A posição da instituição financeira no ranking do BC dependerá do índice, mesmo que tenha sido alvo de mais reclamações em números absolutos.

Com relação aos principais motivos de reclamação, a liderança ficou com as irregularidades relativas à confiabilidade, segurança, sigilo ou legitimidade, com 318 queixas procedentes. Em segundo lugar veio o débito em conta de depósito não autorizado, que recebeu 302 reclamações.

A restrição à realização de portabilidade de operação de crédito ocupou o terceiro lugar, com 211 queixas. Por fim, a cobrança de tarifa por serviços não contratados e prestação de serviço irregular em conta-salário vieram em quarto e quinto lugar, respectivamente com 156 e 126 reclamações.

No total, houve 2.660 queixas procedentes em outubro. O BC leva em conta as reclamações que descumprem normas do Conselho Monetário Nacional (CMN).


Fonte: Agência Brasil
web80.com
Jornal Brasil Atual
AO VIVO


Vídeo